Estudo inédito da FGV DAPP e TSE avalia circulação da desinformação sobre sistemas eleitorais

Lançamento acontece no marco da cooperação da Diretoria com o Tribunal Superior para qualificar o debate sobre desinformação nas eleições

Estudo inédito da FGV DAPP e TSE avalia circulação da desinformação sobre sistemas eleitorais

A Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP) prepara o lançamento da pesquisa Desinformação On-line e Eleições no Brasil: A circulação de links sobre desconfiança no sistema eleitoral brasileiro no Facebook e no YouTube (2014-2020), em que apresenta dados inéditos sobre a circulação de textos e vídeos nas plataformas, com desinformação que tem como alvo a Justiça Eleitoral e as Eleições de forma geral, contestando a integridade do processo.

O estudo mostra que a prática é uma constante desde 2014 até 2020, com aumento pronunciado em anos eleitorais, mas também se mantendo em anos não-eleitorais (o que indica uma estratégia de campanha permanente contra o processo eleitoral). Além disso, indica que conteúdos desinformativos tendem a gerar maior engajamento.

A pesquisa foi desenvolvida no âmbito do projeto Digitalização e Democracia no Brasil, com apoio da Embaixada da Alemanha em Brasília e o Ministério das Relações Exteriores da Alemanha, Com duração até 2022, o projeto utiliza-se da experiência em pesquisa aplicada de redes sociais e da expertise de análise de políticas públicas da FGV DAPP, construída ao longo da última década. O lançamento da pesquisa, por sua vez, se dá no marco da cooperação entre FGV DAPP e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que visa qualificar o debate sobre desinformação nas eleições.

Acesse o estudo completo no site do projeto.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

Posts Recentes

 Ver tudo