FGV CDMC é oportunidade para talentos nas áreas de matemática e ciências ingressarem na graduação

Aprovado em um dos processos seletivos mais concorridos do país, Wellington viu as portas da FGV se abrirem graças ao Centro para Desenvolvimento da Matemática e Ciências (FGV CDMC).

FGV CDMC é oportunidade para talentos nas áreas de matemática e ciências ingressarem na graduação

De origem humilde, Wellington José Leite da Silva, de 19 anos, de Maceió, enfrentou diversas dificuldades e, ainda assim, foi medalhista de prata da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). A conquista fez com que o jovem fosse convidado a participar do Vestibular FGV. Aprovado em um dos processos seletivos mais concorridos do país, Wellington viu as portas da FGV se abrirem graças ao Centro para Desenvolvimento da Matemática e Ciências (FGV CDMC).

Em virtude da iniciativa do FGV CDMC, o jovem cursa, atualmente, o terceiro período do curso de Matemática Aplicada (FGV EMAp) com bolsa integral. Seu plano para o futuro, em relação a sua vida profissional e acadêmica, é seguir na área de pesquisa. “Eu sempre amei ciência e quero poder seguir por esse caminho”, afirmou Wellington.

Seu amor pela matemática vem desde a infância, pois sempre gostou de mexer com números e fazia deles além de sua função básica, uma brincadeira. “Eu penso na matemática como a língua para entender o funcionamento do mundo, o que acho incrível”, disse ele.

Fruto das escolas públicas da região, Wellington, no primeiro ano de OBMEP, em 2018, conquistou a medalha de prata. No ano seguinte foi convidado a estudar em uma escola particular com bolsa integral, e no mesmo ano teve a oportunidade dada pelo CDMC a participar do vestibular da FGV.

Segundo Wellington, a instituição tem uma ótima estrutura e, apesar desse contexto pandemia e de aulas a distância, possui um bom auxílio dos professores e monitores, além de boas oportunidades para os alunos. Mesmo com a mudança das aulas presenciais para o EaD, o aluno passou a maior parte do tempo instalado no Rio de Janeiro, custeado pela FGV, e ainda entrou em um projeto com o professor Alexandre Rademaker (FGV EMAp), de Processamento de Linguagem Natural, com o Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (FGV CPDOC).

Sobre o CDMC

O Centro para o Desenvolvimento da Matemática e Ciências (FGV CDMC) foi criado em 2017, com o propósito de identificar nas escolas públicas do país jovens talentos com capacidade especial para o aprendizado da Matemática de maneira a oferecer a eles a possibilidade de realizar estudos nos cursos de graduação e pós-graduação da FGV Rio.

Numa primeira aproximação o projeto Seleção de Talentos convidou nos últimos anos alunos de escolas não seletivas, com excelente desempenho na OBMEP e, em menor número, indicados por escolas com excelente desempenho.

Os estudantes são convidados a prestar o vestibular da FGV Rio em algum curso de graduação que a instituição oferece: Matemática Aplicada, Ciência de Dados e Inteligência Artificial, Economia, Direito, Ciências Sociais, Administração.

Para mais informações acesse o site.

Fonte: portal.fgv.br

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

Posts Recentes

 Ver tudo