FGV conquista o prêmio Startup Awards como Universidade do ano

Organizado pela Associação Brasileira de Startups (Abstartups), o Startup Awards é o principal prêmio de startups do país e tem por objetivo reconhecer os profissionais e empresas mais influentes do setor.

FGV conquista o prêmio Startup Awards como Universidade do ano

A FGV conquistou o Prêmio Startup Awards na categoria Universidade do ano. Organizado pela Associação Brasileira de Startups (Abstartups), o Startup Awards é o principal prêmio de startups do país e tem por objetivo reconhecer os profissionais e empresas mais influentes do setor.

Um dos principais incentivadores e fomentadores do empreendedorismo do país, o Centro de Empreendedorismo e Negócios (FGVcenn) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP) teve papel decisivo para essa conquista. Com mais de 15 anos de atividades, o FGVcenn atua em diversas frentes com a missão de ser um gerador de conhecimento em empreendedorismo no Brasil.

O FGV Ventures é uma dessas iniciativas. Primeira aceleradora universitária do Brasil, o projeto já graduou 35 startups ao longo de novebatches. Esses novos empreendimentos captaram R$ 20 milhões em rodadas pós-aceleração, em um valuation próximo aos R$ 100 milhões. Há ainda diversas iniciativas que visam o incentivo ao empreendedorismo social, como a ANIP (Articuladora de Negócios de Impacto de Periferia), o Fundo Volta por Cima (voltado para empreendedores da periferia impactados pela Covid-19), Raça e Mercado e Fomento Empreendedorismo Feminino.

Dessa forma, o empreendedorismo está no DNA da FGV EAESP. O FGVcenn é ainda responsável pela Revista Novos Negócios, uma publicação anual que aborda temas de interesse de empreendedores. Nesse período de Covid-19, o centro criou também o Gabinete Anti-Crise, que realizou 10 lives gratuitas com mais de 1.800 participantes com informações para empreendedores conseguirem superar a crise da COVID-19. Toda essa cultura empreendedora, incentivada em diversas disciplinas voltadas ao tema que são oferecidas ao longo da graduação, também se reflete em iniciativas dos próprios alunos, como o projeto Garagem Startups, uma incubadora de ideias cocriada por eles por meio da Liga de Empreendedorismo.

O compromisso com a inovação e o incentivo ao pensamento criativo capaz de criar soluções inovadoras é uma das marcas da Escola de Direito do Rio de Janeiro (Direito Rio), responsável por diversas iniciativas que colaboraram com a premiação. Entre as atividades da Escola voltadas para as Startups destacam-se a atuação da Clínica do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), LAJUNT (Laboratório de Assessoria Jurídica a Novas Tecnologias), que presta consultoria jurídica aos empreendedores iniciantes nas diversas fases da construção de um negócio.  Desde o início de seu funcionamento, supervisionada pelos advogados Hélder Galvão e Felipe Hanszmann, a Clínica LAJUNT já atendeu 20 startups, incluindo segmentos como energia renovável, comércio eletrônico, legaltech/lawtech, contabilidade, educação e diversidade.

Segundo o professor André Mendes, coordenador do NPJ: “É com grande satisfação que recebemos a notícia do prêmio. Os Supervisores Hélder e Felipe desenvolvem um trabalho incrível com as alunas a alunos na Clínica LAJUNT. Um espaço de formação prático-jurídica com foco em novas habilidades e conteúdos multidisciplinares relacionados ao impacto da tecnologia no Direito”.

No âmbito da pós-graduação lato sensu, concorremos com diversas iniciativas dentre elas o curso pioneiro de educação continuada Direito para Startups e Empreendedores, o de Formação em Data Protection Officer e o de Programação para Advogados, todos voltados para a capacitação de profissionais para lidar com os desafios das startups e da nova dinâmica da LGPD, e que proporcionam, nas palavras do coordenador do programa de pós, prof. Rafael Almeida, maior compreensão das questões jurídicas envolvidas para se pensar em soluções mais criativas para o êxito dos negócios. Além dessas iniciativas, a FGV Direito Rio possui também diversas disciplinas com essas temáticas em seus programas de LL.M em Direito: Inovação e Tecnologia, LLM em Direito: Negócios e em sua graduação em Direito.

O resultado da premiação foi divulgado no dia 23 de outubro, durante o CASE Startup Summit 2020 – maior evento online e gratuito da América Latina de empreendedorismo e inovação.

Fonte: portal.fgv.br

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

Posts Recentes

 Ver tudo   

Ciências Sociais
ISBE FGV

Ciência de Dados e Ciências Sociais: Projeto da FGV seleciona novos bolsistas

O projeto visa a expandir as abordagens computacionais de análise de dados nas Ciências Sociais e na História. A Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas (FGV CPDOC) abre o ano de 2022 com o processo seletivo para concessão de seis bolsas para o projeto “Ciência de Dados nas Ciências Sociais”, referente

Leia mais »