FGV lança curso de Formação Executiva em Mercado da Longevidade

Instituição é pioneira em curso voltado para a formação de pessoas para atender às necessidades da população de idosos, com professores especializados no mercado

FGV lança curso de Formação Executiva em Mercado da Longevidade

A FGV lança o curso de Formação Executiva em Mercado da Longevidade, pioneiro em formar pessoas para atender às necessidades da população de idosos, com professores especializados no mercado maduro, desde pesquisadores a consultores. De acordo com o IBGE, o Brasil tem mais de 28 milhões de idosos, o que representa 13% da população do país, e esse percentual tende a dobrar nas próximas décadas. Diante desses números, nota-se que os consumidores seniores são os que mais crescem atualmente e há uma alta demanda desatendida com características culturais, comportamentais, emocionais e físico-cognitivas bastante específicas.

“Os consumidores do futuro não são da geração dos millennials, são os maduros. A pirâmide etária já se inverteu, e para atender a esse público, precisa-se entender e respeitar as suas especificidades”, afirma Patrícia Riccelli Galante de Sá, coordenadora do curso de Formação Executiva da Longevidade da FGV.

Dessa forma, executivos e empreendedores de todos os segmentos precisam desenvolver ofertas de comunicação adequadas a eles, inseri-los nas agendas de diversidade organizacional (empresas age-ready) e adequar políticas públicas e setoriais para o segmento.  Com quatro módulos complementares e independentes, o curso Mercado da Longevidade oferece uma abordagem multissetorial e integra aprendizados mercadológicos e comportamentais com a ideação de soluções concretas, em diversos setores de negócios, que podem oferecer cruzamento de ideias e gerar parcerias inovadoras entre os alunos.

O curso também vai proporcionar: conhecimento do potencial e as oportunidades de mercado da Economia da Longevidade; desenvolvimento de negócios (produtos e serviços) adequados ao público, conforme a sua tipologia; mostrará como estabelecer relacionamentos adequados; ajudará a fortalecer o networking no segmento e a captar recursos, inserindo a organização no crescente ecossistema de inovação no oceano prateado.

“É preciso desenvolver o mercado da Economia da Longevidade, ou o que denominamos de oceano prateado, um trocadilho com o conceito de oceano azul, que significa que não há concorrência. Esse segmento tem muitas oportunidades a serem exploradas, mas é preciso saber como trabalhar”, finaliza a professora.

O curso é voltado para profissionais de comunicação, publicidade, marketing, business intelligence, RH, gestão comercial, empreendedores, empresários de saúde (estética, fitness e bem-estar), consultores e pesquisadores, desde analista a diretores.

Mais informações sobre o curso, acesse o site.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

Posts Recentes

 Ver tudo   

Institucional
ISBE FGV

FGV e ITA assinam parceria de cooperação

O objetivo é desenvolver pesquisas científicas, aplicar conhecimentos de forma integrada e realizar projetos no campo das ciências sociais, econômicas, matemática em tecnologias de processo

Leia mais »