Projeto Regulação em Números lança Comitê de Regulação de Infraestrutura Aeroportuária

O Comitê de Regulação de Infraestrutura Aeroportuária reúne profissionais de destacada atuação no setor e reconhecida expertise, incluindo reguladores, agentes públicos, advogados públicos e privados e representantes de concessionárias.

Projeto Regulação em Números lança Comitê de Regulação de Infraestrutura Aeroportuária

O projeto Regulação em Números da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito Rio) lançou, no último dia 27 de agosto, o primeiro de uma série de comitês setoriais que farão parte da nova fase do projeto. Trata-se do Comitê de Regulação de Infraestrutura Aeroportuária. A reunião inaugural contou com a participação do professor Sérgio Guerra, diretor da Escola, que apresentou as linhas gerais do projeto, juntamente com o secretário executivo do Ministério de Infraestrutura, Marcelo Sampaio, membro do Comitê. 

Este é o primeiro de uma série de Comitês que serão criados na nova fase do projeto. O objetivo da FGV Direito Rio é caracterizar o Regulação em Números como um hub que congregue pesquisas, estudos, documentos, eventos e informações sobre setores regulados, contribuindo para a disseminação nacional e internacional de conhecimento sobre a atividade regulatória do país.

O Comitê de Regulação de Infraestrutura Aeroportuária reúne profissionais de destacada atuação no setor e reconhecida expertise, incluindo reguladores, agentes públicos, advogados públicos e privados e representantes de concessionárias. Em um ambiente neutro e sob regras de governança, os integrantes do Comitê promoverão encontros periódicos para discutir a regulação da infraestrutura aeroportuária do país e, com isso, fomentar as melhorias regulatórias necessárias ao desenvolvimento deste importante setor.

O Comitê realizará pesquisas, seminários e outros eventos, além de produzir artigos, policy papers e livros. As atividades desenvolvidas estão integradas à graduação e ao programa de pós-graduação stricto sensu (PPGD) da FGV Direito Rio. 

Fonte: portal.fgv.br

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

Posts Recentes

 Ver tudo   

Economia
ISBE FGV

IGP-10 sobe 1,79% em janeiro 2022

Com esse resultado, o índice acumula alta de 17,82% em 12 meses. O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) subiu 1,79% em janeiro. No mês anterior,

Leia mais »