Aulas experimentais gratuitas promovem novas experiências para estudantes

A FGV Educação Executiva oferece a experiência do encontro com os coordenadores e participantes em uma aula experimental gratuita

Aulas experimentais gratuitas promovem novas experiências para estudantes

A FGV Educação Executiva tem como objetivo coordenar e gerenciar uma rede de distribuição única para os produtos e serviços educacionais produzidos pela Fundação Getulio Vargas, através de suas Escolas e Institutos. Oferece cursos de Pós-Graduação Lato Sensu, de aperfeiçoamento e extensão, sejam eles presenciais ou a distância, além de diversas aulas experimentais ao longo ano.

Os cursos disponíveis vão de Curta e Média Duração, Pós-Graduação até MBA. Para São Paulo também há ofertas direcionadas à Alta Gestão. As modalidades também variam entre: Presencial, Online, Live e, o mais novo lançamento, o Blended, combinando aulas presenciais com aulas mediadas por tecnologia e atividades assíncronas.

A FGV Educação Executiva oferece a experiência do encontro com os coordenadores e participantes em uma aula experimental gratuita. Além de conhecer um pouco sobre as temáticas abordadas nas aulas, o estudante terá à disposição um professor do curso de interesse e uma pessoa da equipe comercial para possíveis dúvidas sobre investimento, duração do curso, entre outros benefícios.

Essas aulas experimentais têm como objetivo promover uma degustação para que os alunos interessados possam ter acesso e conheçam mais sobre o curso, experienciando a ferramenta e tendo contato com outros possíveis alunos e professores.

Acesse o calendário no link.

Fonte: portal.fgv.br

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

Posts Recentes

 Ver tudo   

Economia
ISBE FGV

IGP-10 sobe 1,79% em janeiro 2022

Com esse resultado, o índice acumula alta de 17,82% em 12 meses. O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) subiu 1,79% em janeiro. No mês anterior,

Leia mais »