Inflação pelo IPC-S encerra agosto com avanço

A maior contribuição partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação (-0,47% para 0,05%). Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item passagem aérea, cuja taxa passou de -2,53% para 1,88%.

Inflação pelo IPC-S encerra agosto com avanço

O IPC-S de 31 de agosto de 2020 subiu 0,53%, ficando 0,02 ponto percentual (p.p) acima da taxa registrada na última divulgação. Com este resultado, o indicador acumula alta de 1,58% no ano e 2,77% nos últimos 12 meses.

Nesta apuração, três das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação (-0,47% para 0,05%). Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item passagem aérea, cuja taxa passou de -2,53% para 1,88%.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Alimentação (0,72% para 0,81%) e Despesas Diversas (0,43% para 0,50%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: óleos e gorduras (3,30% para 4,96%) e cigarros (0,51% para 1,06%).

Em contrapartida, os grupos Habitação (0,62% para 0,54%), Vestuário (-0,20% para -0,45%), Transportes (0,83% para 0,80%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,55% para 0,53%) e Comunicação (0,27% para 0,18%) apresentaram recuo em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: tarifa de eletricidade residencial (1,42% para 1,05%), roupas (-0,32% para -0,60%), tarifa de ônibus interurbano (-0,55% para -1,25%), medicamentos em geral (0,46% para 0,35%) e mensalidade para TV por assinatura (0,74% para 0,48%).

O estudo completo está disponível no site.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

Posts Recentes

 Ver tudo